Notícias

Huawei quer formar 2000 estudantes europeus em cinco anos

Huawei quer formar 2000 estudantes europeus em cinco anos

A tecnológica Huawei lançou recentemente num novo programa de talentos que formará na área das Tecnologias de Informação e Comunicação cerca de dois mil estudantes europeus.

04.12.2015 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR
LinkedIn Twitter Facebook Google+



Chama-se “Seeds for the Future” e o seu propósito é captar e qualificar novos talentos para uma carreira no sector das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). O projeto é da tecnológica Huawei que estipula como meta formar dois mil estudantes europeus a partir do próximo ano e até 2020, e está integrado no European Pact for Youth, visando complementar com e-skills os estudantes europeus mais promissores. A primeira edição portuguesa do programa decorreu em julho deste ano. A Huawei continua de olhos postos nos talentos nacionais.

O “Seeds for the Future” é o programa mundial de responsabilidade social corporativa da Huawei e o principal pilar dos esforços empresa para combater o gap de e-skills entre os profissionais e atrair talento para a empresa, qualificando-o nas matérias âncora da sua atividade. O programa que abrange atualmente 57 países (23 dos quais na Europa), contempla a seleção de talentos com potencial nas universidades dos vários países envolvidos, para uma visita de estudo à China onde os participantes poderão adquirir conhecimento sobre o trabalho de uma empresa multinacional na área das TIC, recebendo uma experiência cultural e formação linguística.

Segundo Chen Lifang, administradora da Huawei, com este programa a empresa quer “ajudar os jovens a desenvolverem mais capacidades e ajudar a criar mais postos de trabalho e oportunidades para a próxima geração”. Um desígnio que considera “vital para a Europa e para o mundo”. Nos próximos cinco anos, cerca de dois mil estudantes europeus ganharão experiência na sede da empresa na China. Em paralelo, a Huawei promoverá também a educação nas área das TIC através de projetos como a competição InnoApps que incentiva os jovens a promoverem aplicações móveis e o programa Investigação e Inovação na Huawei, através do qual a empresa estabeleceu parcerias com 120 universidades e centros de consultoria e investigação na Europa.

A primeira edição do programa “Seeds for the Future” em Portugal aconteceu em julho deste ano, na sequência da assinatura de um memorando de entendimento com a AICEP. Doze estudantes universitários do Instituto Superior Técnico e do Instituto Politécnico de Leiria foram selecionados para uma viagem de duas semanas à China, num projeto de imersão cultural em Pequim, de introdução ao mandarim e uma visita ao campus da Huawei em Shenzhen, onde é possível experimentar o contexto de trabalho de uma multinacional TIC. A identificação de talento é, segundo a administradora, um trabalho em permanente desenvolvimento e mais estudantes portugueses deverão integrar o programa.



OUTRAS NOTÍCIAS
Como recrutam os inovadores

Como recrutam os inovadores


Trinta e sete mil patentes tecnológicas e mais de vinte cinco mil colaboradores a trabalhar em área de Investigação e Desenvolvimento (I&D), fazem da Ericsson uma das 1...

Santa Casa promove feira de emprego

Santa Casa promove feira de emprego


A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) e Associação Salvador uniram-se para organizar, na próxima semana, em Lisboa, um encontro de recrutamento vocacionado para pro...

Para onde muda quem está no topo?

Para onde muda quem está no topo?


O que conta para si quando pondera uma candidatura a emprego ou uma mudança de carreira? Na escolha da sua próxima etapa profissional é mais relevante a reputação qu...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS